segunda-feira, 2 de outubro de 2017

10 COISAS QUE EU APRENDI SOBRE MIM EM 2017

Eu sei...eu sei....ainda é muito cedo para fazer as análises do ano, mas a verdade é que no outro dia dei por mim a pensar o quanto o tempo passa rápido e o quanto este ano foi incrivelmente enriquecedor para mim!
Eu não sou uma daquelas pessoas que muda muito com o tempo...ou seja, a minha personalidade é quase a mesma de à 10 anos atrás. Claro, o tempo e a vida vai acrescentando aqui e acolá uma ou outra aprendizagem e característica, mas a essência esta lá!
Só que este ano foi de uma total descoberta de mim mesma...e daí este post sobre AS 10 COISAS QUE EU APRENDI SOBRE MIM EM 2017...

1 - EU SOU MAIS DA NATUREZA DO QUE DA CIDADE!
Esta foi provavelmente a minha maior descoberta, acreditem! Durante toda a minha vida cresci na cidade e durante 5 anos, tive de viver numa cidadezinha mais pequena e odiava. Tudo o que eu queria era regressar para o meio da multidão!
Este ano, descobri que onde eu me sinto bem é no meio do nada! Onde possa respirar ar fresco, onde o barulho seja o silêncio e onde tudo se torna verde!
Descobrir isto, fez-me mudar toda a minha perspectiva de vida e do que quero para o meu futuro!




2 - ESTÁ TUDO BEM EM NÃO ESTAR BEM!
Sempre fui o tipo de garota que está sempre bem...de verdade! Não e uma capa, não é farsa. Eu realmente, sou uma garota feliz! E não gosto de estar triste...não sei lidar comigo própria nos momentos em que me sinto menos bem. Fico nervosa comigo por não ficar logo bem. Mas este ano, aprendi a respeitar a minha tristeza de vez em quando também. Aprendi que ela também nos ensina coisas importante e essenciais ao ser humano e que tudo na vida tem o seu tempo e a sua hora!





3 - HÁ VIDA ALÉM DO TRABALHO!
Herdei da minha mãe a obsessão em querer ser a melhor e do meu pai o vicio pelo trabalho...então imaginem a combinação! 
Durante muitos anos, encontrei conforto no trabalho. Não me importava de trabalhar por horas a fio e chegar a casa tardíssimo!
Este ano percebi que o trabalho não é tudo. É importante? Claro...preciso dele para viver e para me sentir concretizada. Mas não é ele que preenche toda a minha vida e com certeza não é o mais importante. Inclusive hoje, ele ocupa uma importância muito mínima na minha vida! 




4 -  A MINHA SAÚDE IMPORTA!
Toda a minha vida fui uma bocado negligente com o meu corpo e a minha saúde! Não é que eu não pensasse que eu podia morrer...claro que pensava. Só não me importava muito com isso. 
Hoje, pelo contrário...tenho muito amor-próprio e por isso mesmo sei da importância que a minha saúde física e mental têm na minha vida! Por isso mesmo, essa também foi uma das razões do tópico anterior ter-se alterado na minha vida....porque não adianta gastar toda a minha saúde num trabalho que com certeza não vale tudo isso!




5 - DÁ PARA SER FIT E AMAR COMER
Uma das maiores mudanças este ano, foi claramente a minha alimentação. Vocês não fazem a mínima ideia de como eu comia. Eu odiava tudo o que era saudável e na minha cabeça fazer dieta era deixar de comer. Em 2017, descobri que é fácil ser saudável. É fácil e é delicioso de verdade!




6- AS COISAS PEQUENAS TÊM  TANTO VALOR
Um passeio com os meus cães...uma tarde a brincar com as minhas gatas...uma ida à praia só para observar o mar! O planeta e a nossa vida, está repleta de momentos incríveis que em geral, tendemos a não prestar atenção! A vida pode ser maravilhosa...




7 - EU SOU BONITA DO JEITO QUE EU SOU
Este ano passei a maquilhar-me menos...mas beeeeem menos. O cabelo ficou mais natural...fiz bem menos solário....deixei de usar unhas gigantes, mesmo gostando de colocá-las uma vez por outras...e percebi que me sinto bem assim! Nao fiquei mais preguiçosa nem mais desleixada, nada disso. Mas acho que por começar a dar mais valor à vida, à saúde, ao meu eu interior...me apercebi do quanto eu era fútil e do quanto eu gostava pouco de mim. Hoje eu sinto-me tão bem, estando mais leve!




8 - A OPINIAO DOS OUTROS REALMENTE IMPORTA ZERO
Bem..esta não foi uma descoberta de 2017! Na verdade, eu sempre achei isso e sempre vivi a minha vida em função do que eu quero e pretendo. Mas nao posso negar que alguns comentários me incomodavam e me faziam querer mudar mentalidades e entrar em conflito com seres humanos pouco inteligentes. Mas este ano, tornei-me tão zen que realmente não estou para perder meu tempo com pessoas que não interessam.




9 - PRECISO DE MUITO POUCO PARA SER FELIZ
Fui criada numa família que tem tudo...fui criada na ideia de que a felicidade e alcançar poder, dinheiro e bens materiais. 
Tentei viver um pouco longe desses ideais mas eles ainda estavam um pouquinho enraizados. 
Este ano libertei-me disso tudo e acho que o principal factor foi mesmo o facto de me descobrir uma viciada em natureza! 
Hoje todos os meus sonhos materiais, passam por ter uma casa de madeira daquelas tipo pré-fabricadas(adorooooooo), num terreno longe da cidade, uma hortinha com produtos biológicos, montes de árvores e montes de bichinhos!




10 - A VIDA PODE SER E DEVE SER...MAIS AMOR DO QUE ÓDIO
Cresci com rancor do mundo....rancor da vida...rancor da humanidade! Não posso dizer que adoro as pessoas....não adoro. Não acho que o ser humano seja a maior criação de todos os tempos. Mas não me afecta mais. Podemos ser melhores todos os dias...e pela primeira vez, tenho esperança na humanidade! Porque acho que se 3 ou 4 em 100 forem realmente HUMANOS...já valeu a pena viver!
Acordar todas as manhãs com amor no coração é muito mais incrível do que acordar cheia de ódio pelo mundo!


Sem comentários:

Enviar um comentário