segunda-feira, 7 de maio de 2018

PORQUE TU ÉS O QUE VIVESTE, OU NÃO

Hoje, por pura coincidência e sem nenhuma razão, andei a vaguear pela internet e visitei um antigo blog que foi meu blog de confissões e diário por muitos anos. 
Li o último texto publicado em 2015 e fiquei incrédula quando li "2015"! 2015? Como assim?? Como já passaram três anos desde que eu escrevi o último texto? 
Eu sabia que não escrevia lá há algum tempo, mas sinceramente, pareceram-me meses...nunca diria um ano, quanto mais três! 
Mas quando terminei de ler o texto, percebi que não sou mais a menina que à três anos atrás escreveu aquelas palavras! E que quando me dizem que eu mudei muito de repente, na verdade, foi um processo de amor-próprio que demorou três anos! Três anos de uma reconstrução interior e pessoal com altos e baixos, mas com uma resolução fantástica! 
Hoje, eu sou uma mulher extremamente feliz e realizada...e não...não me saiu o Euro-Milhões, não tenho um novo relacionamento, não engravidei, nem sequer mudei de emprego!
A única grande mudança de à três anos para hoje, é que eu me amei finalmente! 
Eu me amei ao ponto de querer cuidar de mim, me alimentar bem, me exercitar, me apreciar! 
Eu me amei ao ponto de continuar a amar meu trabalho, mas me permitir ter tempo para viver! 
Eu me amei ao ponto de continuar a amar as pessoas ao meu redor, mas ainda assim, me amar primeiro e perceber que não tem nada de errado em ser assim!
E não...não me tornei mais egoísta ou uma pior pessoa. Ao contrario, hoje eu observo o mundo de uma forma completamente oposta...eu tenho esperança na humanidade, eu tenho tempo e paixão pelos detalhes da vida...tenho "tempo" para passear todas as semanas pela natureza, para caminhar na praia, para respirar e ser feliz!
Hoje, depois de ler alguns textos antigos...eu percebi que tudo o que eu desejo no futuro...É QUE EU CONTINUE A ME AMAR E A ME VALORIZAR TODOS OS DIAS DA MINHA VIDA...E QUE CADA UM DE VOCÊS SE SUPER-ESTIMEM E SEJAM TOTALMENTE APAIXONADOS PELA PESSOA QUE VOCÊS OBSERVAM NO ESPELHO TODAS AS MANHÃS!


Só para vocês conhecerem um pequeno excerto do texto que falo: 

------ E sabe...você realmente me matou! Matou cada sonho que eu tinha. Matou cada esperança na humanidade. Matou cada ilusão. Matou cada projecto. Cada vontade. Cada sorriso meu. Você me matou! ----- (EXCERTO DE GAROTA DE PALAVRAS, 2015)

Sem comentários:

Enviar um comentário