sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

BEN-HUR| O QUE O FILME NOS ENSINA





Sim eu sei..o filme já é de 2016, mas a verdade é que adiei, adiei adiei...por sempre pensar que não me iria interessar pelo conteúdo e não me iria transmitir nada. Ontem, sem quê nem para quê, o filme "passou por mim" na internet e decidi assistir!
Porque me surpreendi, decidi trazer para todos aqueles que como eu, não assistiram antes, o que de facto este filme nos tenta ensinar!

Como a maioria já sabe, o Ben-Hur 2016, é um remake do Ben-Hur já feito no passado que ganhou diversos prémios. Este Ben-Hur moderno, foi muito criticado por ser uma história mais modernizada, menos fantasiosa e mais objectiva. 
Segundo pesquisei, o Ben-Hur do passado era movido pelo ódio...este é movido pelo amor, esperança e perdão!





RESUMIDAMENTE...IRMÃO TRAI IRMÃO

Massala foi criado pela família de Juda Ben-Hur, se tornando como um irmão. Cúmplices, eles se apoiam mutuamente em todas as aventuras das suas vidas. Até ao dia em que Massala deixa Jerusalém, viajando até Roma para lutar junto dos romanos. Regressa anos depois, com orgulho por ser um soldado romano admirado, a raiva pelos judeus leva-o a condenar a família que o acolheu, à desgraça e até o seu "irmão" Ben-Hur, que é levado para a escravatura nos barcos romanos. 
Durante 5 anos, Ben-Hur sobrevive focado somente na vingança e no ódio.



O QUE O FILME NOS ENSINA


- QUEM VOCÊ É, NÃO PODE SER COMPRADO: Ben-Hur manteve-se fiel às suas crenças, ideologias e princípios, mesmo quando o irmão tentou obrigá-lo a mudar-se para o lado dos romanos sob ameaças e avisos. Acontece que quando você é verdadeiro com você mesmo, não tem como fingir ser outro alguém, sob nenhuma consequência!




- A GANÂNCIA NOS DEIXA CEGOS: O filme nos mostra como o ser humano é movido pela fome de poder e aplausos sociais. Ao ponto de Massala trair sua família, amigos e seu povo. 




- SE VOCÊ FIZER O BEM, VOCÊ RECEBE O BEM: Quando Ben-Hur consegue fugir dos barcos e chegar até uma ilha, ele está fraco e acaba sendo acorrentado por um povo que promete devolve-lo aos romanos para que seja executado! Mas Ben-Hur acaba salvando uma das éguas do grupo que estava severamente doente...conquistando a sua liberdade e o apoio de todo o grupo na sua jornada de regresso a Jerusalém.




- A ESPERANÇA SALVA-NOS: Condenado à eterna vida de escravidão, Ben-Hur nunca parou de acreditar que poderia regressar um dia e toda essa força fê-lo conseguir realmente escapar de todas as adversidades.



- O PERDÃO VENCEU O ÓDIO : Movido pelo ódio, Ben-Hur vence Massala na corrida de arena. Porém, quando confrontado com a crucificação de Jesus, ele se revolta e tenta lutar contra os romanos para o proteger e é quando Jesus o impede de causar sangue e dor...lhe mostrando que o perdão sempre deve prevalecer em vez do ódio.  Após a sua morte, Ben-Hur chora compulsivamente ajoelhado na cruz de Jesus, e finalmente percebe que errou em todas as suas lutas contra Massala. Vai ao encontro do seu irmão, que destruído, pede perdão...Ben-Hur perdoa e é perdoado! 




- A RECOMPENSA: Ben-Hur nos mostra que mais uma vez, que sempre seremos recompensados pelo bem que fazemos. Após o perdão, ele recebe a sua família são e salva e reconstrói a amizade com Massala!




Claramente, uma história com grande influência cristã, mas que pode e deve ser assistida por qualquer ser humano, religioso ou não, como é o meu caso! Sabem porquê? Porque não é uma história sobre religião, é uma história sobre amor e perdão!



"Minha vida , eu a entrego de espontânea vontade."

"Jesus foi bondoso quando ninguém mais foi."

"A corrida é um desporto de sangue. Se tu perdes, tu morres"

"Nunca olhes para trás. A tua vida está mesmo à tua frente"



Sem comentários:

Enviar um comentário